menu

Política

05/11/2019


Presidente do PT entra com ação na Justiça contra Bolsonaro, Moro e Carlos; presidente ataca

Gleisi Hoffmann, além de Paulo Pimenta e Humberto Costa entram com ação na Justiça.

Pesquisa do Instituto Datafolha divulgada neste domingo (08), revela descrédito em políticas do governo. (Foto: Arquivo)

O presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), centrou fogo em parlamentares do Partidos dos Trabalhadores (PT), na manhã desta terça-feira (5), ao afirmar que os mesmos que apontam crime de obstrução de Justiça no caso Marielle Franco, são os mesmo que respondem por crimes da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF). Isso porque Gleisi Hoffmann, presidente do PT, além de Paulo Pimenta e Humberto Costa entraram com uma ação contra Bolsonaro, o ministro Sérgio Moro e Carlos. 

 

 

 

 

Ao mesmo tempo em que acusa, o presidente admitiu o fato de que houve sim obstrução de Justiça nas investigações do assassinato de Marielle Franco.

 

“Obs.: poderia consultar a qualquer época a secretária eletrônica, nada impede a qualquer morador tal procedimento, contudo só foi realizada tal consulta por mim depois de a TV Globo ter vazado um processo que estava em segredo de justiça”, disse.