Política

Damião Cavalcanti diz que equipe da Secult já processa dados de artistas, microempresas e entidades para aplicar Lei Aldir Blanc

Secretário de Cultura lembrou que há dias uma equipe da Secult processando o cadastramento de todo o segmento cultural.

30/06/2020


Secretário de Cultura, Damião Ramos Cavalcanti

Walter Santos

O auxílio emergencial aprovado pelo Congresso Nacional denominado de Lei Aldir Blanc e sancionado na segunda-feira (29) pelo presidente Jair Bolsonaro, está em processo de contabilização de dados sobre o número de artistas, microempresas e entidades culturais pela Secretaria de Cultura do Estado (Secult-PB) que terão direito ao benefício.

Foi o que informou ao Portal WSCOM, o secretario Damião Ramos Cavalcanti, lembrando que há dias uma equipe da Secult processando o cadastramento de todo o segmento cultural.

“Há dias que uma equipe especializada tem trabalhado permanentemente na atualização do cadastramento a partir dos municípios, sabendo que muitos deles não dispõem de estrutura para o levantamento, daí o apoio sistemático da Secult para atender a todos”, comentou.

Ele disse ainda que está aguardando as instruções normativas e dados sobre os repasses dos recursos visando a distribuição imediata dos valores definidos em lei.



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.