Paraíba

Prefeitura realiza plantio de 9,3 mudas de árvores para recuperar áreas verdes d

Revitalização

16/07/2014


Nesta quinta-feira (17) é comemorado o Dia de Proteção às Florestas. Lembrando a data, a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) faz um balanço das ações de preservação e recuperação de áreas verdes degradadas e do plantio urbano. Só neste ano, estão sendo plantadas 9.350 mudas de árvores nativas de Mata Atlântica.

Técnicos da Secretaria de Meio Ambiente (Semam), em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedurb) e Defesa Civil têm trabalhado na recomposição de áreas degradadas. Para tanto, o programa “João Pessoa Carbono Zero”, que está promovendo a compensação ambiental do São João Pra Valer, realiza o plantio de 3,5 mil mudas de espécies nativas da Mata Atlântica, na área de remanescente florestal da Bacia Hidrográfica do Rio Gramame, no Valentina Figueiredo.

Nas áreas de risco, como barreira do Cabo Branco, bairro São José e comunidade do Timbó, técnicos da Semam e da Defesa Civil têm feito ações de replantio e monitoramento das árvores, com podas de manutenção para prevenção de quedas e tombamentos, bem como acompanhamento fitossanitário, com tratamento contra fungos e cupins, garantindo a saúde das plantas.

Em relação à arborização urbana, os canteiros de ruas, avenidas e praças vêm sendo revitalizados, com o plantio de 2.600 árvores nativas e o trabalho de paisagismo urbano desenvolvido pela Sedurb, a exemplo das palmeiras imperiais plantadas na Avenida Panorâmica, no Altiplano, e no entorno da Lagoa do Parque Solon de Lucena. Já o Viveiro Municipal de Plantas Nativas doou, só este ano, 3.250 mudas em eventos pela cidade e para a população.

Para o secretário de Meio Ambiente, Edilton Nóbrega, “manter a cidade verde é um compromisso. Nos bairros onde há uma boa cobertura vegetal, é comprovada a diminuição da temperatura. Isso é qualidade de vida para a população e uma responsabilidade do gestor público. Trabalhamos todos os dias para que as nossas florestas sejam preservadas e nossas ruas, avenidas e praças mantenham sua cobertura vegetal”, concluiu.

Segundo o chefe da Divisão de Arborização e Reflorestamento da Semam, Anderson Fontes, “João Pessoa encontra-se em um momento de crescimento urbano e todas essas ações, pesquisa e cultivo de mudas no Viveiro Municipal, monitoramento fitossanitário das plantas, replantio de áreas degradadas e plantio urbano, contribuem para a preservação do patrimônio ambiental da cidade, estimulam o desenvolvimento sustentável”.


Em respeito a Legislação Eleitoral, os comentários estão temporariamente suspensos.