Economia & Negócios

Rede D’Or São Luiz avança 4% após compra de fatia do Hospital Nossa Senhora das Neves

O HNSN tem como subsidiarias o Clim Hospital Geral, Luppa Laboratórios, Unigastro e Neves Medicina Diagnóstico.


13/04/2021

( Foto: Divulgação/HNSN)

Portal WSCOM com Estadão



As ações da Rede D’Or São Luiz avançavam cerca de 4% nesta segunda-feira (12), após assinar memorando vinculante para a aquisição de participação de 51% no Hospital Nossa Senhora das Neves (HNSN).

A operação, realizada por meio da afiliada Diagno São Marcos, considera valor de firma para 100% do HNSN de 550 milhões de reais, do qual será deduzido o endividamento líquido, disse a Rede D’Or em fato relevante na noite de sexta-feira.

Por volta de 10:40, as ações da Rede D’Or subiam 3,79%, a 68,43 reais, enquanto o Ibovespa, referência do mercado acionário brasileiro, mas sem as respectivas ações na sua composição, avançava 0,54%. Na máxima, os papéis subiram 4,57%.

O HNSN tem como subsidiarias o Clim Hospital Geral, Luppa Laboratórios, Unigastro e Neves Medicina Diagnóstico. A empresa também é dona dos imóveis utilizados no Hospital Nossa Senhora da Neves, através da HNSN Empreendimentos Imobiliários.

“O HNSN e o Clim são hospitais gerais de alta complexidade e referência na cidade de João Pessoa (PB), contando conjuntamente com 235 leitos plenamente capacitados ao atendimento de seus pacientes e com capacidade para expansão de até 400 leitos”, de acordo com a Rede D’Or.

A previsão de receita para o HNSN é de 320 milhões de reais, com um Ebitda de 70 milhões nos 12 meses posteriores ao fechamento da operação, com parte das sinergias incorporadas.

Maurilio de Almeida

Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.