Policial

Operação prende suspeitos de praticar assaltos em João Pessoa

As prisões foram feitas nos bairros de Mangabeira, Bessa e Marcos Moura (Santa Rita).

11/03/2020


Imagem ilustrativa

Portal WSCOM

Quatro mandados de prisão foram cumpridos durante ação desencadeada pela Polícia Civil nesta quarta-feira (11), em João Pessoa. As prisões foram feitas nos bairros de Mangabeira, Bessa e Marcos Moura (Santa Rita). Os alvos da operação possuem antecedentes criminais por assaltos e tráfico de drogas.

A ação, realizada pela Delegacia de Crimes Contra Pessoa de João Pessoa (DCCPES /JP), teve objetivo de prender integrantes de um grupo criminoso que praticava assaltos na Capital.

Dos quatro mandados de prisão, três foram cumpridos contra homens que estavam em liberdade e o outro contra um presidiário.

Os alvos são integrantes de uma organização criminosa que foi desmantelada durante a operação “Letter” deflagrada em janeiro deste ano, pela Polícia Civil.

Em janeiro, a operação resultou na prisão de seis pessoas. Na época , o delegado Carlos Othon, titular da DCCPES/JP e responsável pela investigação, afirmou que  os presos são suspeitos de envolvimento com homicídios, tráfico de drogas, porte ilegal de armas de fogo e extorsão a comerciantes . Eles tiveram as prisões decretadas pela Justiça, após investigações da Polícia Civil apontarem indícios da participação deles nos crimes.

“Eles cumpriam ordens enviadas por meio de cartas de um presidiário, que determinava prática homicídios, tráfico de drogas e extorsão a comerciantes do bairro do Miramar e comunidades adjacentes”, explicou o delegado à época.

Os delitos eram praticados principalmente contra comerciantes de Miramar.

Os policiais conseguiram apreender diversos produtos adquiridos durante as práticas criminosas , incluindo cartas com ordens de prática de crimes, que foram juntadas ao inquérito policial como provas dos delitos praticados.

Apesar das prisões, investigações da Polícia Civil comprovaram que outros integrantes desse grupo continuavam soltos e fazendo assaltos. Esses homens foram identificados e presos nesta quarta-feira (11).


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.