Política

Bolsonaro distorce estudo e sugere que somente pessoas com comorbidades morrem por Covid-19


14/01/2022

Portal WSCOM



O presidente Jair Bolsonaro (PL), em sua transmissão ao vivo realizada nesta quinta-feira (13), voltou a minimizar a Covid-19. O chefe do governo federal distorceu estudo do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês), afirmando que o levantamento mostra que 75% das mortes por Covid ocorrem em pessoas com ao menos quatro comorbidades.

“Aqui também da CDC americana: 75% dos mortos por Covid tinham quatro comorbidades”.

No entanto, o estudo, segundo declaração da diretora da CDC, Rochelle Walensky, em 10 de janeiro, estima que 75% das mortes por Covid entre pessoas vacinadas ocorrem em indivíduos com ao menos quatro comorbidades. Desta forma, o estudo reforça a eficácia das vacinas contra a doença, o que Bolsonaro rotineiramente ataca. “Todas as pessoas [imunizadas] com efeitos graves [da Covid] tinham ao menos um fator de risco; 78% dos que morreram tinham ao menos quatro”, disse.



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.