menu

Notícias

09/11/2019


WS: nova fase de Lula conta com RC, mas exige ampliação com Azevêdo e aliados

Por Walter Santos
Portal WSCOM

Lula na Paraíba: RC tem protagonismo, mas ex-presidente precisa de João Azevêdo, aliado

Quem não foi ao ato público do Busto de Tamandaré nesta sexta-feira, 7, em João Pessoa, não pode ou sabe dimensionar a nova fase de lutas em torno do ex-presidente Lula a partir de agora a exigir meios de ampliar o enfrentamento com a ultra-direita e sua agenda desmanteladora quanto aos bens coletivos.

É dentro deste contexto que, afunilando o foco politico atual, ficou evidente as presenças carimbadas de pessoas ligadas ao ex-governador Ricardo Coutinho, até com direito ao deputado federal reproduzir áudio de RC no ato, mas o apoio do aliado governador João Azevedo à luta em torno de Lula precisa estar com abrigo na nova conjuntura.

Não há, como se viu no ato da 6ª feira, espaços para amuos ou conduta de propriedade privada do acervo de Lula porque a guerra de agora em diante vai exigir ampliar as bases com setores alinhados com a luta progressista que o pais precisa enfrentar porque os adversários são atrevidos.

A quantidade de pessoas no ato atesta para esta urgente repaginação politica visando atrair e somar mais pró Lula porque o significado dos socialistas em vias de saida do PSB (ou não) impõe ao processo da Paraiba o reforço indispensável do significado de João Azevedo na nova etapa à vista.

É evidente que a dimensão e importância de Ricardo é óbvia e reconhecida, mas nem por isso o PT e os partidos progressistas da Paraíba precisam ignorar o engajamento do governador, que até hoje não saiu da luta nem tergiversou na defesa de Lula contra o reacionarismo, mesmo com seu estilo próprio.

O ato da noite da liberdade de Lula fez exigir a união de forças a envolver João e Ricardo e todos os aliados históricos.