menu

Política

22/10/2019


Walter Santos: atos da 2a na ALPB consolidam novo status de Adriano Galdino

Adriano Galdino constrói status de 1º time como conciliador, mas sem Ricardo Coutinho

Há muito a que ser dito da conjuntura, ainda dependendo de muitos fatos e histórias de bastidores (ou não) na Paraíba , mas a dados desta segunda-feira o assunto de maior significado foi, sem dúvidas, o tamanho da solenidade em torno do presidente da Assembléia Legislativa , Adriano Galdino, pelos valores em torno dele.

Adriano Galdino saiu do plenário José Mariz com status de quem tem sabido lidar na conjuntura de estremecimentos no Estado como líder de trânsito fácil entre os Poderes e os vários segmentos dentro e fora da Assembléia. São muitos os fatos lhe inserindo como conciliador importante para evitar crises maiores.

Para se ter uma idéia da representatividade , o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Márcio Murilo, o Procurador de Justiça, Seraphico da Nóbrega, conselheiro Nominando Diniz representando o TCE, procurador Geral do Estado, Fábio Andrade, 25 dos 36 deputados estaduais e o governador enviando vídeo de apoio ao ato sintetizam a força demonstrada pelo presidente, agora cidadão Pessoense.

PERFIL DE VIDA VITORIOSA MAS SOFRIDA

O líder do governo e autor da proposta de Medalha Epitácio Pessoa , Ricardo Barbosa, fez Adriano Galdino sua esposa, filhas e irmãos chorar várias vezes pontuando uma longa vida de dificuldades até chegar onde chegou. A história dele é singular e vitoriosa.

O vereador Dinho, autor do título de Cidadão Pessoense, assim como deputado João Bosco também arrancaram atenção e sorrisos pelos pronunciamentos de reconhecimento.

A AUSÊNCIA

O ex-governador Ricardo Coutinho não se fez presente nem mandou representante e, pelo visto, sem fazer o homenageado sentir falta.

O fato é que ele aniversariou dando demonstração de força.