menu

Política

17/08/2019


Veneziano prega união do PSB da Paraíba em defesa do legado de Ricardo e do bom trabalho de João Azevêdo

O senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB) saiu em defesa da união partidária dentro do PSB, que teve o Diretório Estadual destituído pela direção nacional, na noite desta sexta-feira (16), que anunciou a decisão de nomear uma comissão provisória para o partido na Paraíba.

De acordo com Veneziano, não há razões para o desentendimento dentro do partido. Ele defendeu a unidade em torno da defesa do legado do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) e do trabalho que o atual chefe do Executivo Estadual, João Azevêdo (PSB), vem desempenhando na Paraíba.

“Precisamos estar unidos em torno de um projeto de Governo levando em consideração o bom trabalho de Ricardo Coutinho e o que João Azevedo tem realizado. Não há justificativa para que nos desentendamos. Trabalharei para que não haja desavença interna”, disse Veneziano, que defendeu o trabalho de Edvaldo Rosas, presidente estadual destituído do comando da legenda na Paraíba. “Tem se mostrado ao longo dos últimos 15 anos uma pessoa dedicada, valorosa, devotada às questões do partido e agora assume uma outra função numa secretaria do Governo. Trabalharei para que não haja cizânia”.

ENTENDA

A direção nacional do PSB decidiu nomear uma comissão provisória para o partido na Paraíba. A “intervenção” acontece depois que integrantes do diretório estadual ligados ao ex-governador Ricardo Coutinho iniciaram movimento de renúncias, provocando a destituição do atual presidente, Edvaldo Rosas, e uma nova eleição na legenda, um ano antes do fim mandato.

 

LEIA MAIS: Guerra de listas no PSB expõe racha entre apoiadores de Ricardo e Rosas


Da Redação
Portal  WSCOM