Política

TJPB mantém Dinaldinho Wanderley afastado da Prefeitura de Patos

17/06/2020


O prefeito afastado de Patos, Dinaldo Wanderley Filho

Da Redação / Portal WSCOM

O Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB) julgou improcedente, nesta quarta-feira (17), o pedido da defesa do prefeito afastado de Patos, Dinaldinho Wanderley, para revogar as medidas cautelares que, dentre outras determinações, o afastou da Prefeitura.

Por unanimidade, os desembargadores seguiram o voto do relator, desembargador Carlos Martins Beltrão Filho, e mantiveram Dinaldinho afastado da prefeitura.

A defesa de Dinaldinho apontou que a Promotoria de Justiça de Patos teria pedido arquivamento do processo por inexistência de provas de corrupção, e disse ainda que os sucessores mergulharam o município de Patos em um caos administrativo.

O desembargador desembargador Carlos Martins pontuou que “as medidas cautelares se mostram de acordo com o principio da razoabilidade, proporcionalidade, pois se amoldam à hipótese e revela-se prematura a revogação de tais medidas que poderão ser revistas por ocasião de sentença condenatória”.

Dinaldinho está fora do cargo há 1 ano e 4 meses. Desde então, passaram pela prefeitura: Bonifácio Rocha,  vice-prefeito, que renunciou ao mandato; Sales Júnior, presidente da Câmara, também renunciou; e atualmente Ivanes Lacerda.

 



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.