Política

Tião denuncia que atendimentos em casas de saúde de Solânea são feitos com crité


15/03/2013

O deputado estadual Tião Gomes (PSL) repudiou, nesta sexta-feira (15), o descaso, com o qual, segundo ele, "vem sendo tratado os pacientes do município de Solânea no que diz respeito a saúde pública". O deputado prometeu fazer um pronunciamento na tribuna da Assembleia Legislativa da Paraíba para denunciar o problema.

Conforme o parlamentar, vários moradores denunciaram que alguns funcionários que trabalham nas casas de saúde da cidade estariam priorizando o atendimento aos ‘amarelos’ (eleitores do atual gestão) e postergando o atendimento dos ‘vermelhos’ (eleitores da antiga gestão) simplesmente por mera picuinha política.

A situação, de acordo com o deputado, piorou ainda mais porque os vários PSFs instalados na cidade não estariam funcionando em sua plenitude, principalmente pela falta de médicos. “Isso está provocando quilométricas filas nos hospitais da cidade, população que não tem cor partidária e que como qualquer cidadão também tem o direito a saúde pública”, falou.

O deputado disse ainda que os PSFs, quando funcionam, prestam atendimento apenas uma ou no máximo duas vezes por semana, e isso aconteceria principalmente no PSF 2.

No Centro Municipal de Saúde, antigo SESP, que atendia cerca de cem pacientes por dia também não tem médicos.

“Um hospital daquele porte aberto apenas para funcionar a sala de imunização e o laboratório com equipamentos básicos e entrega de medicamentos é lamentável, enquanto isso a população padece”, detonou.

Sem médicos e com o atendimento precário dos PSFs a população é obrigada a superlotar o Hospital Distrital de Solânea que, apesar de ser do Estado, estaria utilizando por parte de alguns funcionários a ‘distinção’ entre pacientes aliados e adversários da atual gestão.

“Além da demanda diária dos casos clínicos sere alta, o hospital agora está sobrecarregado com pacientes que se amontoam em busca de socorro porque não encontram outra alternativa na cidade”, finalizou Gomes.



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
// //