Brasil & Mundo

Terrorista bolsonarista que assassinou militante petista está vivo, informa delegada


10/07/2022



Jorge da Rocha Guaranho não morreu na troca de tiros e está internado na UTI de um hospital de Foz do Iguaçu, segundo a delegada Ione Cardoso

    

247 – O terrorista bolsonarista Jorge José da Rocha Guaranho, que assassinou Marcelo Arruda durante sua festa de aniversário de 50 anos em Foz do Iguaçu, não morreu na troca de tiros.

A informação é da delegada responsável pelas investigações, Iane Cardoso, divulgada pelo site Metrópoles. Guaranho está internado na UTI de um hospital de Foz do Iguaçu.  

Marcelo Arruda comemorava o aniversário de 50 anos, em uma festa que tinha Lula e o PT como tema, quando foi morto por policial federal penal. Segundo boletim de ocorrência, o autor dos disparos foi o policial Penal Federal, Jorge da Rocha Guaranho. Depois de ter sido ferido, Arruda ainda conseguiu reagir e disparar contra o agressor.



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.