menu

Futebol

11/11/2019


Técnico do Flu sai na bronca em gol sofrido na derrota para o Inter: ‘A bola pegou no braço’

Árbitro Rodolpho Toski Marques ignorou um contato da bola no braço do zagueiro colorado Victor Cuesta antes de Willian Pottker balançar a rede. Flu perdeu por 2 a 1

LANCE!

O técnico do Fluminense, Marcão, criticou a validação do segundo gol do Internacional na partida em que o Tricolor perdeu por 2 a 1, neste domingo, no Beira-Rio, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro. No lance, mesmo após consultar o VAR, o árbitro Rodolpho Toski Marques ignorou um contato da bola no braço do zagueiro colorado Victor Cuesta antes de Willian Pottker balançar a rede. De quebra, o treinador ainda aliviou a barra do goleiro Muriel, que falhou no lance, assim como no primeiro gol dos donos da casa.

— Da posição que eu estava, eu realmente achei que havia apitado antes. E os jogadores param, a reação do Muriel é diferente. Pelo que acompanhamos, a bola pegou no braço e a equipe do Inter levou vantagem. Deveria ser marcada a infração — disse o treinador em entrevista coletiva.

Apesar da derrota, Marcão gostou do desempenho da equipe em Porto Alegre, principalmente o do atacante Wellington Nem, que entrou no segundo tempo e fez o gol de honra do Tricolor.

— Começamos muito bem na partida. Nossa equipe sabia que a equipe do Inter ia pressionar, mas nossa equipe com muita responsabilidade conseguiu valorizar a posse e chegar no gol adversário. Tivemos algumas oportunidades. Começamos a tomar conta do jogo, até o momento do gol do Internacional. Voltamos para o segundo tempo com placar adverso, mas continuamos em cima, buscando, furar a defesa. Arriscamos algumas situações, colocamos dois atacantes para tentar furar. Com o Nem conseguimos fazer o gol, continuamos pressionamos até o fim, mas não conseguimos nem o empate — afirmou o técnico, que ainda explicou por que não usou o meia Ganso no jogo:

— Estamos vindo de alguns jogos desgastantes. Conversamos antes dessa partida. Era uma partida muito difícil, que precisaria que todos tivessem 100%. Ele não estava 100% e optamos pelo Nenê.

Após duas partidas fora de casa, o Fluminense volta ao Rio com três pontos na bagagem — venceu o São Paulo na quinta-feira, por 2 a 0, no Morumbi — e agora precisa se recuperar da derrota para o Inter encarando o Atlético-MG, sábado, às 19h, no Maracanã, em um confronto direto na luta contra o rebaixamento. Por isso, Marcão pede o apoio do torcedor.

— Em primeiro lugar, eu quero chamar o torcedor. Contamos com essa ajuda dentro de casa. Vamos trabalhar forte durante a semana. Teremos a semana limpa para comprometimento e bastante trabalho. Com empenho de todos, faremos um grande jogo no próximo fim de semana — afirmou o técnico.