Lazer

Tardezinha Inclusiva fará homenagem especial para mães de autistas em João Pessoa neste domingo


25/05/2024

Portal WSCOM



A 30ª edição da Tardezinha Inclusiva, que acontece neste domingo (26), fará uma homenagem às mães com o tema ‘Chuva de Amor’. Realizada pela Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope), Associação Paraibana de Autismo (APA) e Turma Tá Blz, a Tardezinha Inclusiva acontece no Centro Cultural de Mangabeira, a partir das 14h.

O diretor executivo da Funjope, Marcus Alves, afirma que a Tardezinha Inclusiva é um momento único na cidade de João Pessoa. “Quando conseguimos reunir crianças, pais, mães de pessoas autistas num processo de interação e inclusão social, nós promovemos a brincadeira, mas, sobretudo, a inclusão dessas crianças. Nós mostramos que elas são capazes, que têm potencialidades criativas e inventivas para as artes”, observa.

Marcus acrescenta que essas crianças já se apresentam no palco, dançam, cantam, pintam e fazem oficinas. “Então, é um momento muito relevante esse processo de inclusão social pela arte que nós já fazemos há dois anos e cinco meses. Para nós, é muito gratificante promover essa ação”, complementa.

A presidente da APA, Hosana Carneiro, destaca que as mães atípicas são especiais todos os meses. “Mas sempre reservamos esse momento para homenageá-las, para fazer uma fala sobre elas e trazer o maior presente que elas têm na vida que é levar seus filhos e socializar, ter uma oportunidade na Tardezinha Inclusiva. Não tem presente maior para uma mãe autista do que ver seu filho se desenvolvendo, brincando, fazendo amizade, construindo novas perspectivas, vencendo seus desafios”, avaliou.

Hosana lembra que este é um mês especial demais, tanto para os autistas como também para as famílias acompanhadas no projeto, em especial as mães. “É um mês em que celebramos as conquistas e a participação dessas mães. Além disso, estendemos esse mês como parte do nosso projeto, o curso de análise aplicada e comportamento para famílias, mães e pais de autistas. Vamos entrar sempre nessa perspectiva do cuidando de quem cuida. Além dos nossos autistas receberem cuidado, as famílias também recebem, tudo com muito amor”, acrescenta.

Nik Fernandes, uma das organizadoras da Tardezinha Inclusiva, analisa que existem muitas mães atípicas e pouco se fala nelas. Ser mãe de autista é abrir mão da carreira, de uma faculdade, de tantas coisas em prol do grandioso amor que temos por eles. Pouco se fala sobre nossas lutas, principalmente numa sociedade onde se cobra muitos padrões. É um desafio cego e de sobrecargas porque nossos filhos são totalmente dependentes. Precisamos que a sociedade tenha outra consciência do que é ser mãe de autista. As mães só precisam de carinho e respeito”, frisou.

Programação – A Tardezinha Inclusiva conta com a participação da Turma Tá Blz com Nik Fernandes e DJ Jhony Fernandes, além da magia dos palhaços Baba Baby e Kika, além das dançarinas Eliza e Nay. Também fazem parte da programação o cantor Tiago Arraes, haverá um show especial para as mães feito pelos cantores autistas Estella Louise, Lucas, Davi, Ana Beatriz.

Na programação tem ainda a Feirinha Inclusiva com produtos feitos pelas mães, adoção de pets, dentista móvel, trancista, serviços da Escola Técnica São Vicente de Paula, clínica de estética, pinturas artísticas e brinquedos infláveis.



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
// //