Policial

Suspeito de matar colega depõe em delegacia da Paraíba


21/02/2013

 O adolescente suspeito de matar um colega dentro de uma escola na cidade de Picuí, na tarde da última quarta-feira (20), prestou depoimento em uma delegacia da região nesta quinta-feira (21). Segundo o delegado Durval Barros, o menor de 15 anos confessou o crime e disse que já foi ao colégio com a intenção de matar.

Ainda de acordo com o delegado, o suspeito afirmou que o que motivou o crime foi um relacionamento com uma menina. Além disso, os dois já haviam se envolvido em uma briga pela mesma razão.

O menor será encaminhado para o Lar do Garoto, no Agreste paraibano, onde será internado.

O crime

Erick Wesley Cardoso da Silva, 15 anos, foi assassinado com golpes de punhal, dentro da Escola Estadual Felipe Tiago Gomes, em Pícui, no Curimataú da Paraíba, na tarde de quarta-feira (20). O agressor estudava na mesma sala de aula que a vítima.

O adolescente ainda foi socorrido por uma equipe do Samu, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. O acusado teve que sair escoltado pela Polícia, pois, uma grande aglomeração de populares se formou em frente a escola que ameaçavam linchar o menor que esfaqueou o colega.

De acordo com o delegado, a arma do crime já foi apreendida.

O enterro

O corpo de Erick Cardoso chegou à cidade de Picuí nesta tarde e está sendo velado na casa da avó. O enterro acontecerá amanhã por volta das 8h, no Cemitério do Bairro Monte Santo.

As aulas foram suspensas durante todo o dia desta quinta e nesta sexta pela manhã, nas 18 escolas municipais e estaduais do município. A Prefeitura decretou três dias de luto oficial.



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
// //