Paraíba

SMS reforça importância da atividade física como aliada para o combate ao novo coronavírus

Realizar atividade física ajuda a manter o peso em níveis adequados, regula os níveis de colesterol no sangue e melhora a saúde do coração, diminuindo o risco de infarto

29/09/2020


Imagem divulgação - Foto: Secom-JP

A atividade física produz inúmeros benefícios para a saúde humana e pode ser praticada em qualquer fase da vida. Buscando sempre ofertar um maior bem estar para a população, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) alerta para os benefícios da prática do exercício físico, sendo ainda um importante aliado no combate ao novo coronavírus.

Realizar atividade física ajuda a manter o peso em níveis adequados, regula os níveis de colesterol no sangue e melhora a saúde do coração, diminuindo o risco de infarto. Se praticada de forma regular e associada a uma alimentação saudável, faz com que a pessoa desenvolva uma melhor qualidade de vida. Além disso, uma rotina mais ativa pode prevenir comorbidades que agravam o estado de saúde dos pacientes da Covid-19.

“Quem tem o hábito de se exercitar, sente no dia-a-dia as melhoras que a atividade proporciona à saúde e que vão além da mobilização de gordura corporal e controle do peso, pois ajuda a regular as taxas bioquímicas como o colesterol, a glicose e o triglicerídeos. São essas taxas que influenciam para o desenvolvimento de doenças crônicas como hipertensão arterial, doenças coronarianas, AVC, depressão, alguns tipos de câncer, problemas osteoarticulares, entre outros e, que agravam a situação de pacientes acometidos pela Covid-19”, explica a profissional de educação física e coordenadora do programa João Pessoa Vida Saudável, Ellen Correia.

Além desses benefícios, um estudo conduzido na Universidade Estadual Paulista (Unesp) e publicado na revista Molecular and Cellular Endocrinology sugere que o hormônio irisina, liberado pelos músculos durante a atividade física, pode ter efeito terapêutico em casos de Covid-19. De acordo com a pesquisa, o hormônio altera a expressão de genes reguladores do ACE2, que codifica uma proteína à qual o vírus se liga para entrar nas células humanas. O estudo também observou que a irisina triplicou um gene fundamental para a proteção dos indivíduos, o TRIB3.

Outro estudo, este realizado pela Universidade da Virginia (EUA), mostra que a prática de exercícios físicos eleva a produção da enzima superóxido dismutase (EcSOD), produzida pelos músculos e associada à proteção do sistema cardiorrespiratório. A baixa concentração dessa enzima aumenta o risco para doenças como pneumonia ou enfermidades crônicas respiratórias.

Serviço – Os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) da Capital podem praticar atividades físicas, de forma gratuita e com orientação de profissional especializado, por meio do João Pessoa Vida Saudável (JPVS), que tem polos espalhados por toda a cidade. Podem participar pessoas de todas as faixas etárias e os interessados devem comparecer a um dos polos e procurar o profissional de educação física responsável.



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.