Educação

Sisu 2021: UFPB publica relação de candidatos da Lista de Espera e 1º lista de remanejamento

Lista de remanejamento traz candidatos convocados para mudança de semestre e reconvocação para 1ª opção


30/04/2021

Foto: Angélica Gouveia

Portal WSCOM

A Pró-reitoria de Graduação (PRG) da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) divulgou, nesta sexta-feira (30), a relação dos candidatos inscritos na Lista de Espera do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). A relação publicada, sem caráter classificatório, refere-se a todos os candidatos que aderiram à Lista de Espera – até o dia 23 de abril – e que podem concorrer às vagas remanescentes da chamada regular. Além disso, também foi divulgada hoje a 1ª Lista de Remanejamento Sisu 1º 2021 (CLIQUE AQUI), que é uma lista de candidatos convocados para mudança de semestre e reconvocação para 1ª opção.

Todas as informações sobre o processo seletivo do Sisu estão disponíveis na página da Pró-reitoria de Graduação (PRG). Lá, os candidatos devem ficar atentos às publicações de comunicados, editais e outros documentos, que informarão sobre chamadas, cadastramentos, entre outras ações para preenchimento das vagas.

Ainda não há data definida para o início do período letivo 2021.1 na UFPB. Dúvidas podem ser esclarecidas pelo atendimento virtual da PRG, via Google Meet.

Vagas remanescentes da chamada regular

De acordo com o relatório de ocupação de vagas da chamada regular do Sisu, divulgado nesta quinta-feira (29) pela Pró-Reitoria de Graduação (PRG), foram preenchidas 5.060 das 7.790 vagas oferecidas, resultando em um percentual de 35,04% de vagas remanescentes, disponibilizadas para os candidatos da Lista de Espera. No campus I, em João Pessoa, que concentra o maior número de oportunidades, foram preenchidas 67,82% das 6.240 vagas ofertadas. Já o campus III, em Bananeiras, registrou o menor percentual de ocupação (49,73%).

A Pró-reitora de Graduação da UFPB, Profa. Silvana Maciel, explicou que o percentual de quase 65% de ocupação das vagas na chamada regular foi um bom índice (superior ao ano passado, que ficou em torno de 63%), considerando que apenas 30% dos candidatos inscritos no último Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) realizaram o exame (aplicado em janeiro deste ano), em virtude da pandemia.

Profa. Silvana destacou ainda que o percentual de 100% de ocupação não é alcançado em uma 1ª chamada do Sisu e que o número de vagas remanescentes é um reflexo do fato de que os candidatos podem se inscrever em universidades de todo o Brasil, então muitos acabam escolhendo as instituições que ficam mais próximas do lugar onde residem e que oferecem mais facilidade de transporte, por exemplo.



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.