Saúde

Sexta morte por dengue é confirmada na Paraíba


29/05/2024

Da Redação / Portal WSCOM



A Paraíba confirmou a sexta morte por dengue em 2024, envolvendo um homem de 58 anos, residente em São João do Rio do Peixe. Segundo a Secretaria de Estado da Saúde (SES-PB), o estado registra 11.296 casos prováveis de arboviroses, sendo 9.997 de dengue, 1.245 de chikungunya e 54 de zika.

Atualmente, 187 municípios paraibanos (83,85%) estão em situação de alerta ou risco para arboviroses. Destes, 140 casos apresentam sinais de alarme e gravidade, com maior concentração em João Pessoa (97). Outros municípios afetados incluem Alhandra, Aparecida, Barra de Santa Rosa, Boa Ventura, Bayeux, Bernadino Batista, Bonito de Santa Fé, Cabaceiras, Cabedelo, Camalaú, Campina Grande, Conde, Diamante, Guarabira, Monteiro, Poço Dantas, Pombal, Santa Luzia, Santa Rita, São João do Rio do Peixe, Sousa, Taperoá, Uiraúna e Vieirópolis.

Os óbitos confirmados por dengue incluem uma mulher de 24 anos de Camalaú, uma mulher de 42 anos do Conde, um homem de 60 anos de Campina Grande, um homem de 69 anos de Cabedelo, uma mulher de 93 anos de Campina Grande e, mais recentemente, um homem de 58 anos de São João do Rio do Peixe.

Além disso, a Paraíba registrou quatro óbitos por chikungunya: um homem de 57 anos de Sapé, uma criança de um ano e quatro meses de João Pessoa, uma idosa de 93 anos de Campina Grande e uma mulher de 38 anos de Pirpirituba.

Há ainda sete óbitos em investigação, envolvendo pacientes de João Pessoa (2), Logradouro, Campina Grande, Picuí, Pombal e Massaranduba, com idades entre dois e 81 anos. Os dados foram atualizados no último sábado (27) e estão sujeitos a alterações.



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
// //