Política

Sergio Queiroz oficializa aliança com Marcelo Queiroga, mas deixa possibilidade de ocupar a vice em aberto

Nesta quarta-feira (3), em evento que oficializou o apoio do Novo à pré-candidatura do Partido Liberal, o pastor não confirmou se irá disputar as eleições deste ano.


03/04/2024

Redação/Portal WSCOM



O procurador e pastor Sérgio Queiroz (Novo) ainda não decidiu se irá aceitar o convite para ocupar a vaga de vice-prefeito na chapa de candidatura do médico e ex-ministro Marcelo Queiroga (PL) para a Prefeitura de João Pessoa. Nesta quarta-feira (3), em evento que oficializou o apoio do Novo à pré-candidatura do Partido Liberal, o pastor não confirmou se irá disputar as eleições deste ano.

“O que está oficializado mesmo é a aliança, e a minha função nesse processo será propositiva, articuladora, no mínimo, participando de toda a projeção do que vai acontecer. Mas nós vamos caminhar para que seja a melhor escolha, quer seja eu, quer seja o ministro, quer seja um terceiro que nem apareceu aqui. Tenho alguns dias para discutir, porque as convenções só são em Junho”, afirmou.

Segundo Queiroga, ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) irá anunciar no próximo dia 12 de abril, junto com o partido Novo, a chapa majoritária para a disputa municipal em João Pessoa. A expectativa é para que Sérgio Queiroz seja confirmado com o pré-candidato a vice de Marcelo Queiroga.

Questionado sobre o anúncio que Bolsonaro fará durante a visita, o pastor respondeu: “É aquela história, ele, de repente anuncia um desejo e diante disso a gente concorda ou não”. De acordo com Queiroz, diversos fatores pesam na decisão de aceitar a vaga de vice: “O que pesa na minha decisão são outras prioridades de vida, um momento específico de estar muito ligado ao ensino, a produção literária e científica, a questão da família, e a questão da minha comunidade de fé, então são esses fatores.”

No entanto, o pastor Sergio deixou claro que, independente de disputar a eleição, irá atuar ativamente dentro da aliança do PL com o Novo. “Sendo ou não candidato, vamos atuar de forma ativa sim, participando da elaboração do plano de governo, das estratégias políticas, e participando da junção das forças em João Pessoa e na área metropolitana”.



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
// //