Saúde

Sente dor nas costas? Especialistas explicam o que fazer


28/09/2023

Portal WSCOM

Dor nas costas: se você ainda não teve, há 85% de chances de isso vir a acontecer um dia. Além de afetar o bem-estar das pessoas, esse problema tem impactos na economia, pois é uma das principais causas de afastamento do trabalho. As causas são variadas e é preciso ficar atento à intensidade, duração da dor e se houve ou não algum episódio pontual que possa ter causado esse desconforto.

A lombalgia, termo médico utilizado para dor na região lombar, é o tema do episódio desta semana do videocast “Sem Contraindicação”, que teve como convidados dois especialistas na área: o anestesiologista Gualter Lisboa Ramalho, presidente da Unimed João Pessoa, e o neurocirurgião Ussânio Meira Mororó. O episódio está disponível neste link: https://www.youtube.com/watch?v=UtnJ9Kapxzo&t=1s .

DIAGNÓSTICO

Nem sempre a lombalgia significa um problema diretamente na coluna. De acordo com Gualter Ramalho, a dor nessa região pode ter origem muscular ou ser consequência de cálculos renais, problemas cardíacos, alcoolismo, tumores e até mesmo depressão. “A gente precisa entender qual doença está por trás, qual a raiz daquela dor. Quando a gente não encontra, porque às vezes a dor representa a doença em si, também muda a estratégia de tratamento”, explicou o anestesiologista.

 

O neurocirurgião Ussânio Mororó reforçou a importância de buscar avaliação médica, principalmente quando o paciente não consegue identificar a origem da dor (algumas vezes, a pessoa sabe que ela foi causada por um movimento brusco). “Quando o paciente sente dor à movimentação ou piora quando faz determinados tipos de postura, fica mais fácil associar a lombalgia a uma patologia da coluna, da musculatura”, explicou.

 

Tanto para a prevenção quanto para o tratamento da lombalgia, três atitudes são importantes: a prática regular de exercício físico (com pouco impacto) e que tonifiquem a musculatura, alimentação saudável e atividades que promovam relaxamento e bem-estar mental, reduzindo o estresse, que é outra causa relacionada à doença.

CONGRESSO MÉDICO

 

Durante o “Sem Contraindicação” desta semana, Gualter Ramalho também trouxe informações sobre o Congresso Médico Paraibano, que será realizado de 4 a 7 de outubro, em João Pessoa.

O anestesiologista é presidente da Comissão Organizadora do evento, promovido pela Associação Médica da Paraíba com o apoio de diversas instituições da área da saúde, como a Unimed João Pessoa.

O congresso médico reunirá especialistas de diversas áreas, além da apresentação de trabalhos acadêmicos. Mais informações e inscrições no site www.congressomedicopb.com.br.

 

SAÚDE E BEM-ESTAR

 

O videocast “Sem Contraindicação” é produzido pela Unimed João Pessoa. Toda quinta-feira, ao meio-dia, é publicado um novo episódio no YouTube e no Spotify com informações sobre saúde, qualidade de vida e bem-estar.

Para conferir os canais ou obter mais informações sobre o videocast, basta acessar o Portal Unimed JP: www.unimedjp.com.br/semcontraindicacao.



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
// //