Educação

Sedec prepara demandas ao MEC para obtenção de recursos à construção de escolas e creches

A secretária de Educação, América Castro, recebeu o engenheiro da Digap do FNDE, Darwin Lima, para discutir como o Município deverá fazer um diagnóstico para ser apresentado ao MEC e ter suas necessidades contempladas.

12/02/2021


(Foto: Divulgação/Secom-PB)

Portal WSCOM

A Secretaria de Educação e Cultura de João Pessoa (Sedec-JP) iniciou um processo para obtenção de recursos do Ministério da Educação (MEC) para a construção de novas escolas e creches, entre outras demandas. Nesta sexta-feira (12), a secretária de Educação, América Castro, recebeu o engenheiro da Diretoria de Gestão, Articulação e Projetos Educacionais (Digap) do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Darwin Lima, para discutir como o Município deverá fazer um diagnóstico para ser apresentado ao MEC e ter suas necessidades contempladas. Também participaram da reunião membros da Sedec e o secretário de Finanças da Capital, Brunno Sitônio.

 

“Quando chegamos à Secretaria tivemos muitos empecilhos, muita dificuldade em conseguir recursos novos para a educação. Daí veio a ideia de a gente fazer um convite a um técnico do FNDE para que possa nos ajudar a tirar todas as pendências e dúvidas em relação às obras paradas, repasse de recursos, ao Plano de Ações Articuladas (PAR), para que possamos caminhar e conseguir mais recursos para melhorar a estrutura do município”, disse a secretária América Castro.

 

A atual gestão vai indicar ao FNDE como quer tratar a educação nos próximos quatro anos. O Fundo Nacional está com o sistema aberto para que o município possa passar toda a necessidade referente à Rede Municipal de Ensino desde equipamentos, mobiliário e ônibus, à infraestrutura física como construção de escolas, quadras e creches.

 

“Viemos aqui para mostrar à atual gestão que o FNDE está à disposição para ajudar a sanar todos os problemas passados, até mesmo para que nós possamos pensar em fomentar novas ações a partir desse ano para o município de João Pessoa”, explicou o engenheiro Darwin Lima.

 

Segundo levantamento feito junto com o FNDE, das 52 obras que o município foi contemplado pela gestão anterior, 28 delas foram canceladas. Isso representa uma perda significante de verbas que poderiam construir escolas, quadras e creches para a população.



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você