Paraíba

Secretária de Saúde assume gestão direta da Maternidade Peregrino Filho, em Patos

Gestão direta ocorre após o anuncio do fim de todos os contratos com as Organizações Sociais do Estado.

16/01/2020


Na imagem, a Maternidade Peregrino Filho, em Patos

Portal WSCOM

Após o anúncio feito pelo governador João Azevêdo do fim de todos os contratos com as Organizações Sociais da Saúde no Estado, a Secretária de Saúde, pasta comandada pelo secretário Geraldo Medeiros, assumiu, nesta quinta-feira (16), na cidade de Patos, a gestão direta da Maternidade Peregrino Filho.

 

Em nota circulada pela imprensa paraibana, a Secretaria informou que todos os trabalhadores que possuíam vínculo por meio de CLT terão os seus contratos rescindidos. Além disso, a partir desta quinta, a Secretaria iniciará o processo de contratação temporária por excepcional interesse público, conforme foi acordado pelo Ministério Público, até a aprovação na Assembleia Legislativa da Paraíba da Fundação PB Saúde, essa que assumirá a gestão desta e de outras unidades de saúde.

 

Confira a nota:

 

A Secretaria de Estado da Saúde informa que assume a gestão direta da Maternidade Peregrino Filho, situada no município  Patos, a partir desta quinta-feira, 16 de janeiro de 2019. Todos os trabalhadores que possuíam vínculo por meio de CLT receberão todos os seus direitos trabalhistas logo após homologação da rescisão. Já nesta quinta (16), a Secretaria de Estado da Saúde, iniciará o processo de assinatura de contratos temporários por excepcional interesse público, como foi acordado com o Ministério Público do Trabalho, até que seja aprovada na Assembleia Legislativa da Paraíba a Fundação PB Saúde – que fará a gestão desta e outras unidades hospitalares e contratará os profissionais, no regime CLT, após seleção.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.