Saúde

Saúde financiará conexão banda larga de UBS

Tecnologia


06/02/2013



 O Ministério da Saúde vai financiar a conexão a internet banda larga de 12,3 mil unidades básicas de saúde. A previsão é de que R$ 45 milhões sejam destinados este ano para custear o projeto, de acordo com o ministro da Saúde, Alexandre Padilha.

Uma audiência pública deverá ser feita este mês com operadoras de telefonia para estabelecer os critérios do serviço, como qualidade da conectividade e velocidade. A ação será feita em parceria com o Ministério das Comunicações. O diretor do DataSus, Augusto Gadelha, estima que a licitação seja aberta em março. "O financiamento nesta primeira etapa será para unidades básicas.

Mas já estão sendo avaliadas ações semelhantes para outros serviços", disse. O custeio será ofertado para unidades básicas que aderiram ao Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade, lançado pela Pasta da Saúde para tentar melhorar a qualidade da assistência na atenção básica. Embora o cronograma ainda não esteja definido, Gadelha estima que as licitações estejam concluídas em um ano.

Padilha afirma que atualmente cerca de 30% das unidades básicas de saúde têm algum tipo de conectividade. Um número que ele espera elevar. Nesta terça-feira, a Pasta anunciou a oferta gratuita de um software para ser usado na organização do funcionamento de unidades básicas, com histórico do atendimento do paciente, agendamento de consultas e controle da escala de trabalho dos profissionais da unidade. "A conexão é fundamental para melhorar a informação da saúde, para levantamento de dados", disse Gadelha. As informações sobre atendimentos estarão também disponíveis para pacientes.

Eles podem acessar os dados a partir do Portal de Saúde do Cidadão, lançado nesta terça. Ali estarão contidos dados sobre internações, atendimentos ambulatoriais de alta complexidade e cirurgias. Se o paciente desejar, as informações poderão também ser compartilhadas com outros médicos, desde que ele dê a autorização. O paciente também poderá deixar registrado no portal informações sobre sua saúde que ele considere importante ser compartilhadas – como alergias, remédios usados ou resultados de exames já feitos.



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
// //