Educação

São Paulo é campeão de inscrições do Prouni

Prouni

24/01/2013




 São Paulo foi a cidade mais procurada por inscritos no Prouni (Programa Universidade para Todos) em 2013. Foram registrados 151.451 inscrições na capital paulista, seguido de 87.012 no Rio de Janeiro e 86.777 em Belo Horizonte.

O Estado de São Paulo é o que oferece mais bolsas, 56 mil, seguido por Minas Gerais (17 mil bolsas) e o Paraná (12 mil). A bolsa integral é concedida a estudantes com renda bruta familiar por pessoa até um salário mínimo e meio (R$ 1.017) e as parciais àqueles com renda familiar até três salários mínimos por pessoa (R$ 2.034).

A lista de aprovados no programa foi divulgada nesta quinta-feira (24), pelo MEC (Ministério da Educação). O prazo para matrícula na instituição de ensino e apresentação dos documentos relacionados no ato da inscrição vai até o dia 31 de janeiro.

No total, 1.032.873 candidatos se inscreveram para disputar 162.329 bolsas de estudo, distribuídas em 1.078 instituições de todo o País. Ao todo são 12.159 cursos oferecidos pelo programa.

No dia 8 de fevereiro será divulgada a segunda chamada de pré-selecionados. O candidato deve providenciar a matrícula e a apresentação de documentos até o dia 19 do mesmo mês.

Os Estados com o maior número de candidatos nesta primeira edição de 2013 foram São Paulo com 187.489 inscritos; Minas Gerais com 141.839, e Rio de Janeiro, com 75.935.

Bolsas

Para participar, é preciso ter cursado todo o ensino médio em escola pública ou na rede particular na condição de bolsista. Também é pré-requisito ter participado do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) de 2012 e alcançado pelo menos 450 pontos, além de não ter zerado a nota da redação. Até o ano passado, a exigência mínima era 400 pontos.

O estudante que conseguir apenas a bolsa parcial (50% da mensalidade) pode custear a outra metade por meio do Fies (Fundo de Financiamento Estudantil) sem a necessidade de apresentar fiador. Para isso, é preciso que a instituição onde o aluno pretende se matricular tenha firmado termo de adesão ao Fies e ao Fgeduc (Fundo de Garantia de Operações de Crédito Educativo).



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.