Brasil & Mundo

Saiba quem é Joe Biden, o novo presidente dos Estados Unidos

07/11/2020




Joseph Robinette “Joe” Biden Jr. (Scranton, 20 de novembro de 1942) é um advogado e político norte-americano. Filiado ao Partido Democrata, foi o 47º vice-presidente dos Estados Unidos de 2009 a 2017. Entre 1973 e 2009, exerceu seis mandatos consecutivos como senador pelo Delaware, período em que presidiu importantes comitês do Senado. Atualmente, é o candidato democrata a presidente dos Estados Unidos na eleição de novembro de 2020.

Biden e sua família se mudaram para o Delaware em 1953. Tornou-se advogado em 1969 e foi eleito para o Conselho do Condado de New Castle em 1970. Em 1972, sua eleição para o Senado o converteu no sexto senador mais jovem da história norte-americana. No Senado, integrou por muitos anos e presidiu o Comitê de Relações Exteriores. Em 1991, se opôs à Guerra do Golfo, mas defendeu a intervenção dos EUA e da OTAN na Guerra da Bósnia em 1994 e 1995. Votou a favor da resolução que autorizou a Guerra do Iraque em 2002, mas se opôs ao aumento de tropas norte-americanas em 2007. Também atuou como presidente do Comitê Judiciário, lidando com questões relacionadas a políticas de drogas, prevenção ao crime, liberdades civis e as nomeações de Robert Bork e Clarence Thomas para a Suprema Corte. Biden liderou os esforços para aprovar legislações contra o crime violento e a violência contras as mulheres.

Biden concorreu, sem sucesso, à nomeação democrata para as eleições presidenciais de 1988 e 2008. Em 2008, foi escolhido como o candidato a vice-presidente pelo senador Barack Obama. Com a vitória da chapa, Biden supervisionou os gastos em infraestrutura destinados a conter a Grande Recessão e ajudou a formular a política norte-americana em relação ao Iraque até a retirada das tropas naquele país em 2011. Sua capacidade de negociar com os republicanos do Congresso ajudou o governo Obama a aprovar importantes legislações, desde a que encerrou a crise do limite da dívida em 2011 e uma que cortou impostos. Obama-Biden foram reeleitos em 2012, derrotando Mitt Romney e Paul Ryan.

Em 2015, após meses de especulação, Biden anunciou que não concorreria à presidência na eleição de 2016, posteriormente endossando Hillary Clinton. Em janeiro de 2017, recebeu de Obama a Medalha Presidencial da Liberdade com Distinção. Depois de encerrar seu segundo mandato como vice-presidente, Biden se juntou ao corpo docente da Universidade da Pensilvânia, onde foi designado docente. Em abril de 2019, anunciou sua candidatura à nomeação democrata para a eleição de 2020. Um ano depois, se tornou o presumível candidato democrata a presidente com a desistência do senador Bernie Sanders.


Em respeito a Legislação Eleitoral, os comentários estão temporariamente suspensos.