Cursos e Eventos

Rock In Rio disponibiliza evento grátis sobre Gestão de Eventos

25/06/2020


Por Gil Sabino

A marca Rock In Rio, do empresário Roberto Medina, detentora do maior festival de música do mundo, está disponibilizando a partir deste dia 25.06, uma experiência na área de gestão cultural de eventos de sucesso. Serão três Episódios sobre temas que impactam o dia a dia de qualquer evento, pequeno ou grande, e inclusive o maior festival de música do mundo.
Ao longo da série, os executivos do grupo Rock in Rio falarão a respeito de: Gestão de Crise, Gestão de Projetos e Novas Oportunidades de Negócios.

Como se sabe, o Rock in Rio vai muito além de um festival. Dentro dessa plataforma de experiências, existe uma série de aprendizados e, quando se conecta o entretenimento ao conhecimento, os dois ganham ainda mais força. Mas, é preciso ir ainda mais além.

De acordo com Roberto Medina, fundador do evento Rock In Rio, as organizações precisam assumir sua responsabilidade como agentes transformadores da sociedade como um todo. Sobre o assunto, diz Medina: “Na edição 2019 do festival, eu fazia um comercial atrás do Espaço Favela quando um músico se aproximou de mim e disse: ‘Eu estou aqui, sou músico porque assisti a você em 2001 falando do mundo melhor e levando música na penitenciária. ’ Ele era um ex-detento que participou do show que fizemos no presídio, e estava no Rock in Rio em 2019. Então, é muito incrível quando vemos que as nossas ações mudam as vidas das pessoas. E esse é o futuro: fazer mais pelo país, pelas pessoas, ser humilde e trabalhar para se tornar um exemplo de cidadania. Por isso, o Rock in Rio é um projeto cidadão. Ele luta e se preocupa com as pessoas, luta pela sociedade por meio da música. Esse é o futuro do Rock in Rio!”.

Diante da reflexão: de que forma o seu negócio ou a empresa onde você trabalha podem contribuir com o futuro da sociedade e dos seus colaboradores, o evento `O Raio X da Gestão de Eventos de Sucesso´ interessa a produtores, estagiários, gestores, profissionais de marketing cultural e de outras áreas, e através dessa experiência irão saber muito do que acontece nos bastidores do Rock in Rio. Por exemplo, quando se trata de eventos, sejam eles grandes ou pequenos, é impossível não ter nenhum tipo de imprevisto. Sendo assim, o mais importante de tudo são os segredos de uma boa produção para tentar resolver as crises sem que as pessoas notem que elas estão existindo. Ou seja, dicas de como enfrentar tais situações.

A equipe de POE (Produção, Operações e Engenharia) do Rock in Rio apresentará tópicos que são a base que eles utilizam para gerar dados e constantemente aperfeiçoar seus processos como: SAC: atendimento ao cliente na área de eventos e o diferencial que isto faz. Achados e perdidos: quando as pessoas perdem bens pessoais, como carteiras e documentos, significa que elas imergiram na experiência a ponto de esquecerem objetos importantes. Mesmo assim, só as devoluções tornarão a experiência boa por completo. Reavaliação do espaço: evoluir exige disrupção. O Rock in Rio é realizado no Parque Olímpico, desde 2017, porém, 2019 trouxe ainda novos palcos e atrações como fruto do trabalho de reinvenção do espaço e da vontade de inovar. Essas são apenas algumas dentre todas as outras estratégias, mas com certeza elas são essenciais e que todo mundo pode adotar, mesmo com orçamentos pequenos para monitorar a satisfação do público.

Se os dados extraídos têm realmente sido utilizados para colaborar com o planejamento e execução de operações futuras ou apenas estão sendo “feitos por fazer”. Essas perguntas fazem toda a diferença para garantir que o seu próximo evento seja sempre muito melhor do que o último.

Estratégia de comunicação e engajamento desejado. Como atualizar um ecossistema que já funciona, e se vale a pena mexer em time que está ganhando. A ideia de ser vanguarda e estar sempre um passo à frente, o essencial movimento de procurar inspirações e experiências de outros mercados para ampliar o seu repertório e trazer insights novos. A busca de inovação constante para desenvolver experiências que vão muito além das bandas musicais.

A cada edição, o objetivo da área não é apenas agradar ao público, mas fortalecer a empresa e encontrar diferentes maneiras de escalar os negócios no setor de entretenimento e comunicação – propósito que foi alcançado, por exemplo, de forma bem-sucedida em 2017 com o embrião da Game XP. No mesmo ano, foram criadas duas atrações: o palco Digital Stage, com quatro horas de espetáculos por dia comandados por youtubers e instagramers, e a Oi Game Play Arena by Game XP, que inclusive se tornou um evento independente no ano seguinte.

Um exemplo mais recente é o de 2019, quando dois novos conteúdos foram adicionados para mexer com as emoções do público: a NAVE – Nosso Futuro é Agora, uma cocriação com a Natura, e o espetáculo Fuerza Bruta na Arena Carioca 3.

As atrações reuniram mais de 150 mil pessoas (mais de 100 mil na NAVE e mais de 50 mil no Fuerza Bruta) para, respectivamente, debater de forma lúdica o futuro do planeta e contar a trajetória do Rock in Rio por meio de música, performances e acrobacias.

Todo ano uma inovação diferente! E é assim que o seu negócio ou os seus projetos podem e devem ser. Diversos aspectos que podem gerar inovação no seu evento e quais novos negócios podem nascer a partir do atual Business Plan.

Todas as questões serão respondidas por headliners do Rock in Rio, e os interessados podem buscar informação através do email [email protected]

Banner Portugal

Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.