Brasil

Robinho critica movimento feminista: “Muitas mulheres não são nem mulheres”


17/10/2020

Portal WSCOM com 247



O jogador Robinho, condenado pela Justiça italiana por violência sexual, falou sobre as causas feministas e declarou que existem mulheres que ‘não são nem mulheres’, em entrevista.

“Infelizmente, tem esse movimento feminista… Muitas mulheres, às vezes nem são mulheres para falar o português claro”, declarou.

O jogador também tenta comparar assédios sofridos por mulheres com os que acontecem com homens.

“Eu não sou bonito, sou casado com a minha esposa, mas se eu sair na rua e a mulher falar ‘oi, lindo’, ‘gostoso’, tem uma conotação. Seu eu mexer com você, com falta de respeito, é totalmente diferente a conotação. Então é por isso que tem que tomar cuidado”, disse.



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.