Brasil & Mundo

Rede social usada por apoiadores de Trump é desativada por tempo indeterminado

Google, Apple e Amazon suspenderam a Parler de suas lojas virtuais e servidores

11/01/2021


Imagem mostra aplicativo e página da rede social Parler — Foto: Olivier Douliery/AFP

G1

A rede social Parler foi desativada nesta segunda-feira (11) após a Apple e a Amazon suspenderem, no sábado (9), o aplicativo de suas lojas virtuais e de seus serviços de hospedagem. Na sexta (8), o Google já havia tomado decisão semelhante.

O site de rastreamento de internet Down For Everyone Or Just Me mostrou a rede Parler desativada pouco depois da meia-noite local (5h em Brasília), o que sugere que seus donos não conseguiram nenhum outro provedor de serviço, destacou a agência de notícias France Presse (AFP).

O Down For Everyone Or Just Me exibe a seguinte a mensagem sobre a Parler: “Não é só você! parler.com está fora do ar”.

Em uma série de “posts”, o fundador da rede social, John Matze, confirmou no sábado que seu aplicativo não estaria disponível a partir do dia seguinte e acusou os gigantes da tecnologia de estarem em uma “guerra contra a liberdade de expressão”. Procurada pela AFP, a Parler não quis comentar.



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.