Educação

Prouni 2013: 1ª chamada seleciona 159 mil estudantes; matrículas vão até o dia 3

Prouni

25/01/2013




 A primeira chamada do Prouni (Programa Universidade Para Todos) divulgada hoje (24) selecionou 159.177 candidatos a bolsas de estudos em instituições privadas de ensino superior. Os candidatos aprovados devem realizar a matrícula na própria instituição de ensino até o dia 31 de janeiro.

De acordo com o MEC, foram selecionados 107.575 estudantes para bolsas integrais e 51.602 para bolsas parciais de 50%. Para fazer a matrícula, o candidato deverá comprovar sua situação socioeconômica – renda familiar per capita de 1,5 salário mínimo, no caso das bolsas integrais, e até 3 salários mínimos para bolsas integrais. Além de confirmar que fizeram o ensino médio integralmente em escola pública ou em escola particular na condição de bolsista integral.

Os candidatos aprovados devem procurar a instituição de ensino portando os documentos exigidos (clique aqui para ver a lista). Algumas faculdades também podem exigir que o candidato se submeta a um processo de seleção próprio.

Após o termino do prazo de matrícula, as vagas não-preenchidas serão disponibilizada em uma segunda chamada, programada para o dia o dia 8 de fevereiro, com matrícula até o dia 19 do mesmo mês.

Para o primeiro semestre deste ano, foram colocadas à disposição no programa 162.329 bolsas em 12.159 cursos de 1.078 instituições de todo o país. O MEC ainda definirá o destino das 3.152 bolsas para as quais não foram selecionados candidatos na primeira chamada, bem como aquelas não preenchidas após a segunda chamada e a lista de espera. No ano passado, as bolsas remanescentes puderam ser distribuídas pelas instituições de ensino aos estudantes que entraram pelo vestibular ou que já demonstravam bom desempenho acadêmico, respeitando o critério de renda.

Para concorrer às bolsas de estudo, o aluno precisava ter feito o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2012, alcançado o mínimo de 450 pontos e não poderia ter zerado a redação.

Como funciona

O programa oferece bolsas de estudo integrais – para estudantes com renda per capita familiar de até 1,5 salário mínimo por mês – e parciais de 50% – para estudantes com renda de até 3 salários mínimos por pessoa.

Os candidatos não podem possuir outro diploma de ensino superior nem estar matriculados em nenhuma faculdade.

Na seleção, os estudantes puderam escolher até duas opções de curso em instituições de ensino superior conveniadas de todo o país. Os interessados com as maiores notas em cada curso levaram a vaga. Caso um estudante não tenha nota suficiente para preencher a sua primeira opção de curso, ele passa a concorrer à segunda opção, e assim sucessivamente.

Calendário

O processo tem duas chamadas de aprovados: além de hoje, a segunda ocorrerá no dia 8 de fevereiro. O estudante pré-selecionado precisa comparecer à respectiva IES (instituição de ensino superior) para aferição das informações prestadas em sua ficha de inscrição e eventual participação em processo seletivo próprio da IES, quando for o caso. As datas para comprovação são as seguintes:

Primeira chamada: 24 a 31 de janeiro
Segunda chamada: 8 a 19 de fevereiro

Os estudantes que não forem aprovados em nenhuma das duas chamadas poderão manifestar interesse em participar da lista de espera nos dias 24 e 25 de fevereiro. Também serão efetuadas duas convocações da lista de espera.

Quem pode concorrer

Podem participar do Prouni estudantes que fizeram o ensino médio integralmente em escola pública ou que tenham sido bolsistas em instituição de ensino particular, também de forma integral.

Professores da rede pública em efetivo exercício do magistério da educação básica, integrantes de quadro de pessoal permanente de instituição pública, estão dispensados do requisito de renda, exclusivamente para bolsas em cursos de licenciatura.

Banner Portugal

Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.