Paraíba

Promotorias terão monitoramento eletrônico e vigilância armada


17/01/2013



O coordenador do Centro de Apoio Operacional às Promotorias Criminais e das Execuções Penais da Paraíba (CaoCrim), promotor de Justiça Bertrand Asfora, realizou na tarde desta quarta-feira (16), na sede do Núcleo Criminal do Ministério Público da Paraíba (MPPB), em João Pessoa, reunião administrativa para tratar dos detalhes técnicos para o início da instalação dos equipamentos de monitoramento eletrônico e de vigilância armada em 12 Promotorias de Justiça do interior do estado.

Na reunião com os representantes das empresas responsáveis pelo monitoramento e pela vigilância, ficou definido que a instalação dos equipamentos terão início de imediato, já a partir desta quinta-feira (17). “Definimos os detalhes técnicos e o trabalho para a implantação já ficará em andamento”, confirma Bertrand Asfora. A reunião ainda contou com a participação do assessor militar do MPPB, major Werton, e do servidor Juca Martins (Comissão de Licitação).

A vigilância armada durante o horário de expediente, com monitoramento eletrônico a partir das 13h, em 12 Promotorias de Justiça localizadas em várias regiões do estado, foi definida no Comitê de Políticas de Segurança Institucional (Comitê Gestor de Segurança – CGS) do MPPB e integra parte do projeto da ‘Promotoria Segura’.
Numa primeira etapa, serão atendidas as Promotorias de Justiça de Araruna, Cajazeiras, Catolé do Rocha, Conceição, Cuité, Guarabira, Itaporanga, Monteiro, Pedras de Fogo, Piancó, Princesa Isabel e Santa Rita.
O Comitê Gestor de Segurança do MPPB é encarregado de analisar os problemas apresentados para, em seguida, propor a adoção de políticas, planos, projetos e ações, de modo a resguardar o patrimônio, os ativos informacionais, a integridade física dos membros e servidores da instituição, garantindo-lhes condições satisfatórias para o desempenho das atividades.

 



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.