Policial

PRF na Paraíba resgata 80 aves silvestres e recupera carro furtado


21/05/2024

Da Redação



A Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizou, por meio de fiscalizações efetuadas na última segunda-feira (20), o resgate de 80 pássaros que estavam sendo transportados sem autorização dos órgãos ambientais. Também ocorreu a recuperação de um veículo furtado há seis meses na capital pernambucana. Uma pessoa foi detida pelos crimes de adulteração de sinal identificador de veículo automotor e receptação.

A primeira ocorrência se iniciou por volta das 09h, quando a PRF recebeu uma denúncia anônima através do telefone 191 de que um veículo do tipo boiadeiro com dois ocupantes se deslocava de Custódia-PE transportando passarinhos. Em posse dessa informação, diligências foram concebidas para efetuar a abordagem do caminhão. Às 12h50, no município de Campina Grande-PB, na BR-230, um Mercedes-Benz/Atron 2324 com as características descritas foi abordado. No decorrer da fiscalização, foram localizadas gaiolas em um compartimento abaixo da carroceria.

O condutor e o passageiro/proprietário do veículo, homens de 44 e 49 anos, informaram que receberiam R$1mil pelo transporte das aves silvestres sem a devida autorização dos órgãos ambientais. Eles saíram de Barra do Corda-MA para Guarabira-PB. As aves são popularmente conhecidas como Bigodinho (Sporophila lineola) e Papa-Capim (Sporophila Nigricollis).

Diante dos fatos constatados, foi confeccionado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por matar, perseguir, caçar, apanhar, vender espécimes da fauna silvestre e praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais. Os indivíduos devem comparecer em juízo quando solicitado. Os animais foram encaminhados à Polícia Ambiental para o devido manejo e providências cabíveis. Também foram realizadas autuações por diversas irregularidades no veículo.

Já na noite do mesmo dia, às 20h40, no município do Conde-PB, na BR-101, equipe policial realizava rondas quando visualizou e abordou um Fiat Pulse. Na ocasião, foram feitos os procedimentos de identificação veicular, momento em que ficou constatado que o carro estava adulterado. Por meio de consultas aos sistemas de segurança com os elementos originais remanescentes, foi possível verificar que havia um registro de furto ocorrido em dezembro do ano passado no município de Recife–PE. O condutor, um homem de 21 anos, relatou ter comprado o carro por meio de uma divulgação em grupo de aplicativo de mensagens. Ele foi detido e encaminhado para a Delegacia de Polícia Judiciária de Alhandra-PB, onde poderá responder criminalmente por adulteração e receptação.



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
// //