Futebol

Prefeitura nega Habite-se à Arena e Grêmio x Caracas será no Olímpico

Libertadores


26/02/2013

{arquivo}A Prefeitura de Porto Alegre não concedeu a Certidão de Habite-se, documento que atesta que o imóvel foi construído seguindo-se as exigências estabelecidas para a Arena do Grêmio, o que impossibilitará a utilização do estádio no jogo contra o Caracas (VEN), no próximo dia 5. Com isso, o Grêmio terá de mandar a partida, válida pela terceira rodada do Grupo 8 da Libertadores, no Olímpico, o que era o desejo dos jogadores e do técnico Vanderlei Luxemburgo.

Tal decisão aconteceu após o resultado da vistoria realizada na última quinta-feira ter sido entregue nesta segunda pela Secretaria Municipal de Urbanismo (SMURB) à Arena Porto-Alegrense, empresa que administra o novo estádio do Tricolor gaúcho.

O secretário Cristiano Tatsch encaminhou o documento, com todos os itens a serem sanados para que a Arena receba o Habite-se Parcial, uma vez que a nova casa gremista ainda precisa ter, junto ao Corpo de Bombeiros, o Plano de Prevenção Contra Incêndios (PCCI), documento que garantirá a liberação em definitivo do estádio.

– Assim que os ajustes forem realizados, a prefeitura fará nova vistoria – diz Tatsch, na nota divulgada no site da Prefeitura de Porto Alegre.

Como o Grêmio tem até a tarde desta terça – o prazo era até esta segunda – para informar à Conmebol em qual estádio atuará diante do Caracas, o Olímpico tornou-se a única possibilidade, já que o Velho Casarão havia sido inscrito pelo clube para receber o torneio como forma de precaução.

Vale lembrar que o Olímpico pertence ao Grêmio até o dia 31 de março, quando acorrerá a troca de chaves com a OAS, construtora responsável pela construção da Arena em conjunto com a Grêmio Empreendimentos. O prazo, no entanto, pode ser prolongado caso seja necessário.



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.