Política

Por dois votos, PT estadual encerra reunião para deliberar sobre políticas eleitorais por falta de quórum


22/10/2021

Por Walter Santos

O Partido dos Trabalhadores na Paraiba precisava de no mínimo 25 membros do Diretório para encaminhar políticas eleitorais na direção de 2022, entretanto, pela ausência de dois votos o presidente Jackson Macedo encerrou a reunião sob alegação de falta de quórum. Segundo fontes, o fato considerado grave é que o presidente, presente, assim como a Secretária de Finanças do partido, Ligia Nobrega, não se credenciaram para não dar quórum.

Vinte e três integrantes do Diretório se fizeram presentes ao encontro convocado mas o quórum mínimo exigia 25 diretorianos, por isso mesmo com a presença do presidente e aliados, ele acabou encerrando a reunião.

A partir de agora, o PT estadual vive um vazio de decisões sobre as políticas de futuro. Diante da realidade, o entendimento no partido é de que fica valendo as decisões anteriores da Executiva Estadual.

Há informações adicionais ainda que o presidente chegou a trocar tapa com diretoriano José Mário Costa por conta da manobra denunciada na condução dos trabalhos.



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.