Paraíba

Polícia Federal, Gaeco, CGU e MPF deflagram nova fase da Operação Calvário na Paraíba e Distrito Federal

A operação tem por objetivo investigar a atuação de organização criminosa por meio da contratação ilícitas junto a Organizações Sociais

27/10/2020


Imagem ilustrativa - Polícia Federal

Portal WSCOM

A Polícia Federal, o Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado do Ministério Público da Paraíba (Gaeco), a Controladoria-Geral da União (CGU)  e Ministério Público Federal (MPF) deflagram, na manhã desta terça-feira (27), a Nona Fase da Operação Calvário na Paraíba e no Distrito Federal.

A operação tem por objetivo investigar a atuação de organização criminosa por meio da contratação ilícitas junto a Organizações Sociais (OS) para gerir os serviços essenciais da saúde e da educação no Estado da Paraíba. Ao todo foram expedidos seis mandados de busca e apreensão, pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Os mandados estão sendo cumpridos pela Polícia Federal nas cidades de João Pessoa/PB, Cabedelo/PB e Brasília/DF.  Ainda não foram revelados os alvos da operação, que conta com 19 policiais federais e 02 auditores da CGU.

Impacto social

As irregularidades praticadas pela organização criminosa impactaram fortemente a qualidade do atendimento prestado à população carente nos hospitais públicos estaduais gerenciados pelas Organizações Sociais, bem como a qualidade do ensino público estadual prestado à população da Paraíba.

*Matéria em atualização



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.