Policial

Polícia diz que homens, supostamente seguranças de Karina Pimentel, estavam armados e foram interceptados após fuga

Homens armados seguiram em direção à Carapibus, onde foram interceptados, após acompanhamento policial

01/10/2020


Imagem reprodução - Traseira do veículo é atingido por disparo de arma de fogo

Redação / Portal WSCOM

A Polícia Militar deu sua versão sobre o fato que ocorreu na madrugada desta quinta-feira (1°), quando um carro, ocupado pela candidata a prefeita de Conde, Karla Maria Martins Pimentel Régis, do Partido Republicano da Ordem Social (PROS), além de dois seguranças, foi atingido por diversos disparos de arma de fogo. Duas pessoas ficaram feridas.

De acordo com a 1ª Companhia Independente, por volta das 2h, os policiais foram chamados através do Centro Integrado de Operações Policiais (CIOP) para atender um morador que estava com medo de ter a casa invadida por uma dupla em atitude suspeita, perto de sua residência, em Carapibus.

Ao sair da base de Jacumã, os policiais identificaram dois homens com armas em punho, ao lado de um carro, quase em frente ao posto policial. Foi pedido reforço e quando as viaturas chegaram, os dois homens entraram rapidamente no carro e seguiram em direção à Carapibus, onde foram interceptados, após acompanhamento policial.

Com eles, que foram socorridos para receberem atendimento no Hospital de Emergencial e Trauma, em João Pessoa, foram encontradas duas pistolas. O caso foi levado para a delegacia de Polícia Civil, em Alhandra, que no decorrer das investigações feitas pelo inquérito policial, deve esclarecer o caso.

Entenda

A candidata Karla Pimentel relatou que estaria supostamente voltando de um salão de beleza, em Jacumã, quando seus seguranças perceberam uma guarnição da Polícia Militar e resolveram dar marcha à ré e sair do local. Em seguida, apareceu uma outra viatura, que estava dando apoio a ocorrência, e disparou 11 vezes contra o carro.

Os dois seguranças da candidata ficaram feridos, mas já receberam alta. Já Karla Pimentel não foi atingida pelos disparos e prestou depoimento.


Em respeito a Legislação Eleitoral, os comentários estão temporariamente suspensos.