Policial

Polícia Civil prende suspeito de ter executado homem em posto de combustível em João Pessoa

O preso é suspeito de ser o homem que cometeu um crime ocorrido em um posto de combustível no bairro do Padre Zé, em João Pessoa, em abril desse ano.


19/10/2021

Imagem Ilustrativa

Portal WSCOM



A Polícia Civil da Paraíba, através de ações desenvolvidas pela Delegacia de Crimes Contra a Pessoa (DCCPES) da Capital, coordenada pelo delegado Rodolfo Santa Cruz, prendeu nesta terça-feira (19) um homem de 22 anos, suspeito de ter cometido homicídio.

A prisão aconteceu no bairro do Cristo, em João Pessoa, e se deu em função do cumprimento de Mandado de Prisão Temporária expedido pela 2ª Vara do Tribunal do Juri de João Pessoa.

O preso é suspeito de ser o homem que cometeu um crime ocorrido em um posto de combustível no bairro do Padre Zé, em João Pessoa, em abril desse ano. As investigações apontaram que foi ele quem abordou um casal em uma moto no momento em que parou para abastecer e acusou o motociclista de ter furtado um celular. Em seguida, puxou uma arma e atirou à queima roupa.

Ainda de acordo com os depoimentos e as peças do inquérito policial, a vítima estava com a namorada em uma moto quando decidiu parar e pedir informações numa rua do Padre Zé. Em seguida, a moto faltou gasolina e a vítima foi obrigada a parar para abastecer no posto próximo ao local.

Foi nesse momento que chegaram dois homens em uma moto e pararam em frente à vítima, alegando que ela teria roubado um celular. A namorada da vítima ainda tentou mostrar que não se tratava do celular em questão, mas não deu tempo porque o suspeito já foi atirando e executando a vítima.

O preso foi reconhecido pela namorada da vítima e encontra-se na carceragem da Central de Polícia de João Pessoa, onde aguarda audiência de custódia. A partir daí ficará à disposição da Justiça.

Esse foi mais um trabalho das equipes da Delegacia de Crimes Contra a Pessoa, cuja investigação durou cerca de seis meses e resultou na prisão do suspeito. A DCCPAT segue o seu trabalho com o intuito de combater e elucidar os crimes de homicídio na Capital.



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.