Policial

Polícia Ambiental apreende aves silvestres na grande João Pessoa


15/02/2013



 A Polícia Ambiental apreendeu 35 aves silvestres na grande João Pessoa, nesta sexta-feira (15). Entre os pássaros, três de espécies correm risco de extinção. De acordo com a polícia, as apreensões aconteceram no município Bayeux e na comunidade Bela Vista, na capital. Os animais serão encaminhadas ao Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas), em Cabedelo.

De acordo com subcomandante da Polícia Ambiental, major Oscar Beuttenmuller, 21 dos 35 pássaros apreendidos foram encontrados em cinco residências de Bayeux durante uma operação de fiscalização. Os outros estavam em duas casas na Bela Vista, que policiais descobriram após denúncia. A aves quase extintas sãouma cravina, um curió e uma graúna.

O major Beuttenmuller disse que nenhum dos criadores dos pássaros chegou a ser notificado pela Polícia Ambiental. “Eles não foram encontrados, as aves estavam na frente das casas”, afirmou o subcomandante. Ele explicou ainda que a multa para quem tem aves silvestres é de R$ 500 por animal. Já para que possui alguma espécie que corra risco de extinção, a penalidade sobe para R$ 5 mil.

Os pássaros apreendidos pela guarnição do cabo Casado, soldado Amaral e soldado Jaciara passarão por um período de quarentena no Cetas e depois serão soltas em seu habitat natural.



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
// //