Policial

PF prende em Pernambuco suspeitos de ataque cibernético ao Supremo


08/06/2021

Portal WSCOM com 247

A Polícia Federal prendeu na manhã desta terça-feira (8) três pessoas acusadas de envolvimento em um ataque cibernético ao Supremo Tribunal Federal (STF) ocorrido em maio. As ordens foram expedidas pelo ministro da Corte Alexandre de Moraes.

Os mandados de prisão foram cumpridos em Pernambuco. Há buscas em Goiás e em São Paulo.

O ataque tirou o site do Supremo do ar. Na ocasião, os técnicos disseram que não foram acessadas informações sigilosas, nem houve sequestro do ambiente virtual.



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.