Policial

Pastora paraibana suspeita de participar de esquema de golpe financeiro é presa em SC


21/09/2023

Da Redação / Portal WSCOM

A pastora paraibana, Maria Aparecida Gomes Barbosa, de 63 anos, foi presa em Santa Catarina suspeita de participar de um esquema financeiro que fez ao menos 50 mil vítimas em todo o Brasil e também no exterior. 

A pastora prometia às suas vítimas um retorno de até um ‘octilhão’ de reais. A missionária foi localizada na casa da filha em Jaraguá do Sul na última quarta-feira (20). De acordo com informações fornecidas pela Polícia Civil ela teria relação próxima com o pastor Osório José Lopes Júnior, suspeito de liderar o grupo, e atuaria como uma espécie de administradora do esquema. 

“Ela assumiu uma função de administradora. Era como se fosse uma ‘mula da fraude’, em um termo bem grosseiro. Ela seria responsável por coordenar os grupos sociais, angariar as vítimas e ajudar os líderes a captar mais investimentos”, contextualizou. 

Os investigados utilizavam as redes sociais para captar as vítimas e lhes prometiam retorno “imediato e rentabilidade estratosférica” 

“Foi detectada, por exemplo, a promessa de que somente com um depósito de R$25 as pessoas poderiam receber de volta nas “operações” o valor de Um Octilhão de Reais, ou mesmo “investir” R$2 mil para ganhar 350 bilhões de centilhões de euros”, apontam os investigadores. 



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
// //