Saúde

Paraíba não deve punir cidadão que recusar vacina por laboratório, diz secretário: “Não é pertinente”


06/07/2021

Secretário Geraldo Medeiros

Da Redação / Portal WSCOM

O secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, afastou a possibilidade de punição à população em caso de recusa de tomar a vacina contra a Covid-19 de acordo com o laboratório de fabricação. Tal medida foi adotada em Recife, onde o cidadão que se recusar irá ao fim da fila da imunização.

Geraldo ressaltou que a Paraíba deve focar na conscientização do seu povo para a eficácia dos imunizantes, e lembrou que a Coronavac, vacina que tem sido rejeitada em alguns casos, tem tido bons índices em quem contrai casos graves da Covid-19.

“Esse confronto não é pertinente, devemos convencer a população através da imprensa, da importância de se vacinar, e da segurança da vacina. Estão com índice de rejeição à Coronavac, e trabalho em Serrano, em São Paulo, mostrou que  a Coronavac evita mortes em casos graves em um percentual maior que a Pfizer”, disse.



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.