Esporte

Palmeiras demite Vanderlei Luxemburgo após derrota para o Coritiba

Treinador não resistiu à pressão no cargo depois de mais um resultado negativo em casa

15/10/2020


Vanderlei Luxemburgo durante o jogo do Palmeiras contra o Coritiba — Foto: Marcos Ribolli

GE



Vanderlei Luxemburgo não é mais técnico do Palmeiras. Ele foi demitido pelo clube nesta quarta-feira, logo após a derrota por 3 a 1 para o Coritiba, no Allianz Parque, pelo Campeonato Brasileiro.

O Palmeiras chegou a divulgar a entrevista coletiva do treinador depois do jogo, com perguntas previamente enviadas pelos repórteres. Luxemburgo disse que poderia fazer mais para tirar a equipe do momento ruim (três derrotas seguidas).

Além de Luxa, também deixam o Palmeiras o auxiliar-técnico Maurício Copertino e o preparador físico Antonio Mello.

A pressão pela saída do treinador já era enorme nos últimos dias, sobretudo depois da derrota para o São Paulo, também em casa, no sábado. A diretoria optou por dar respaldo a Luxa. Mas o novo resultado negativo, contra o Coxa, sacramentou a saída.

Contratado no fim de 2019, Luxemburgo retornou ao Palmeiras com a missão de fazer o time jogar de maneira mais ofensiva e comandar uma reformulação no elenco, usando muito mais garotos da base e abrindo mão de outros “medalhões”.

Ele conquistou o Torneio da Flórida no começo do ano e o Campeonato Paulista em agosto. Porém, conviveu com as críticas dos torcedores pelo time não apresentar um bom futebol, mesmo com a sequência de 20 jogos de invencibilidade.

Sem os resultados em campo, a pressão foi se tornando cada vez mais forte e, após três derrotas seguidas, contra Botafogo, São Paulo e Coritiba, o treinador não resistiu e foi demitido.

Luxa encerra sua quinta passagem pelo Palmeiras com 36 jogos oficiais. Foram 17 vitórias, 14 empates e cinco derrotas.


Em respeito a Legislação Eleitoral, os comentários estão temporariamente suspensos.