Policial

Pai pede que PF investigue sumiço de Fernanda e acredita em trafico de pessoas

CPI

05/04/2013


A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Tráfico de Pessoas da Câmara Federal esteve reunida na manhã desta sexta-feira, 5, em João Pessoa, na Assembleia Legislativa para analisar casos no Estado. O caso mais emblemático é o da estudante Fernanda Ellen, que está desaparecida há mais de três meses. O pai da estudante, o motorista Fábio Júnior, participou da sessão e destacou a importância do evento em João Pessoa para resolução do caso de sua filha.

Fábio disse que quer aproveitar a CPI para pedir a inclusão da Polícia Federal no caso por acreditar que sua filha pode ter sido envolvida no tráfico de pessoas. Ele acredita que o trabalho que está sendo desenvolvido pela Secretaria de Segurança através das Polícias Militar e Civil, não está sendo suficiente para desvendar o caso.

O secretário adjunto da Segurança Pública, delegado Jean Francisco, disse que acha natural o desejo da família em vê a Polícia Federal no caso, mas disse que a Polícia da Paraíba não deixou de trabalhar um dia sequer, mas não descartar o apoio da Polícia Federal. “Toda ajuda é bem vinda”, destacou.

Jean disse ainda que não há nenhum indício de que Fernanda pode estar incluída nos casos de trafico de pessoas, mas também não pode descartar por completo nenhuma linha de investigação.

 

 


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.