Artes

Obra de autor paraibano resgata o linguajar próprio do interior da Paraíba

Literatura


23/08/2013



 A cidade do Congo, no Cariri Ocidental da Paraíba, serve de palco para a saga de Késsy Jones na incansável busca por seu pai. A obra “Santana do Congo” (Edições Alumiar, 220), uma comédia romanceada que utiliza o linguajar próprio do interior da Paraíba, é de autoria de Efigênio Moura. O lançamento acontece no dia 6 de Setembro na cidade do Congo, durante a Mostra Cultural da cidade. Está previsto o lançamento também em João Pessoa, Campina Grande, Monteiro, Patos, Catolé do Rocha e Sousa.

Em uma busca com vários encontros e desencontros, o artista da estória vê na Festa de Santana, padroeira da cidade do Congo e a chegada de um circo no lugar, a chance de preencher o vazio que havia na sua vida. A narrativa envolvente resgata o cotidiano que compõe a própria identidade do nordestino. Além da cidade do Congo, a estória também passa por Ouro Velho e Prata.

“Santana do Congo” é a terceira obra literária do paraibano Efigênio Moura, natural da cidade de Monteiro. O autor também é radialista, formado em Marketing Estratégico e faz parte da equipe de assessoria de comunicação da Universidade Estadual da Paraíba.

A obra é uma publicação das Edições Alumiar, do Centro Cultural do Cariri (Cuca). Nas últimas páginas do livro o leitor vai encontrar um glossário com os termos típicos do linguajar nordestino. “Santana do Congo” tem a ilustração de Júlio Cesar Gomes e a fonte do título do livro é de Galdino Otten, feita exclusivamente para a obra. O prefácio de Beto Brito foi elaborado em versos. A apresentação de Marcelo Vieira Nóbrega, professor de Letras da UEPB, e a orelha de Evaldo Costa, presidente de honra do Centro Cultural do Cariri.

A edição conta com o apoio da empresa de publicidade e propaganda Sin Comunicação, Grupo W3, Cuca, UEPB e Sindfisco-PB.

O livro encontra-se à venda em Recife (Livrarias jaqueira, Cultura e Canto Sertanejo- no mercado da Madalena), em Campina Grande (Livraria Cultura e Livraria da UEPB), em Monteiro (Casa Progresso), em Itabaiana (Farmativa) e em João Pessoa ( Livraria do Luiz).

Mais sobre o autor

Efigênio Moura, natural da cidade de Monteiro, Cariri Ocidental da Paraíba, lançou dois livros antes do “Santana Do Congo”. O primeiro foi “Eita Gota! (Uma viagem paraibana)”, que contou com três edições. Sua terceira edição acaba de ser esgotada em menos de um ano. O segundo “Ciço de Luzia”, livro que foi adotado para o vestibular 2014 da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), tornando-se leitura básica para mais de 20 mil alunos que irão prestar vestibular.

Os livros de Efigênio são ambientados na Paraíba, especificamente no Cariri Ocidental. “Eita Gota!” conta a estória de uma promessa paga e ainda uma viagem de João Pessoa para Monteiro. Já em “Ciço de Luzia”, a trama se passa nas cidades de Camalaú, Zabelê e Monteiro.



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
// //