Paraíba

O setor cultural e seu papel importante na geração de emprego e renda na economia paraibana

O artigo semanal é resultado de uma parceria entre o Portal WSCOM e o Departamento de Economia da Universidade Federal da Paraíba (UFPB)

10/07/2020


Imagem ilustrativa - Salão de Artesanato Paraibano



SETOR CULTURAL

Breno da Silva Araujo Pereira , Cássio da Nóbrega Besarria, Diego Pitta de Jesus, Flávio Macaúbas Torres Filho, Rennan Kertlly de Medeiros, Wellington Charles Lacerda Nobrega

 

O setor cultural tem papel importante na economia paraibana quando o assunto é geração de renda e emprego. Destacamos pontos relacionados ao mercado de trabalho e tipos de empreendimentos, ao financiamento público destinado à cultura da Paraíba e informações relacionadas ao comércio internacional de produtos criativos.

 

No que diz respeito ao mercado de trabalho e tipos de empreendimentos relacionados à cultura, no período de 2012 a 2019, em média, mais de 64 mil empregos foram gerados por empresas criativas paraibanas. Especificamente, em 2017, mais de 60% das empresas criativas da Paraíba eram do ramo da moda e tecnologia da informação (TI). Destacamos que, para o ano de 2019, a receita bruta das firmas criativas relacionadas à moda foi superior a R$ 1,5 bilhão.

Com relação a variável financiamento público federal à cultura, os dados mais atuais, ano de 2019, mostram que o setor sofreu um forte impacto negativo. De acordo com o Observatório Itaú Cultural, a variável expressa o total de dinheiro repassado a projetos culturais por meio de mecanismos federais de incentivo à cultura [mecenato/Lei Rouanet; Fundo Nacional de Cultura (FNC); Lei do Audiovisual e Fundo Setorial do Audiovisual (FSA)], de 1993 até 2019. Em 2019 a variável atingiu um valor de 818 milhões de reais, valor 62% inferior em relação ao ano anterior. Mais da metade dos recursos federais são destinados ao segmento de música e patrimônio cultural. Para dados de orçamento estadual da Paraíba, o Observatório Itaú Cultural divulgou o último valor no ano de 2018, 12,8 milhões de reais, valor 6% superior em relação a 2017.

 

 

No que diz respeito ao comércio internacional de produtos criativos, no ano de 2019 a Paraíba registrou um volume de exportações de cerca de R$9,5 milhões de reais e aproximadamente R$ 10,07 milhões de reais em importações. Assim, o saldo comercial foi deficitário em cerca de meio milhão de reais.  Ainda em relação ao comércio internacional, a categoria principal de exportações Paraibanas está relacionada a produtos de Moda. Sendo os principais destinos de seus produtos países da América do Sul e Central (98,3%) e Europa (1,7%).

Vale destacar que entre os anos de 2018 e 2019, tanto o volume de exportações quanto de importações de produtos criativos na Paraíba apresentaram redução de 21,09% e 67,08%, respectivamente.

 

Banner Portugal

Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.