Paraíba

O novo papel de Veneziano a aguardar os encaminhamentos de Maranhão; mas há um desejo de união com João Azevêdo

12/01/2021




Em novo texto, o jornalista, multimidia e analista politico Walter Santos comenta o novo momento do senador Veneziano Vital de volta ao MDB mas aguardando o retorno do presidente José Maranhão. Saiba as novidades.

O novo papel de Veneziano a aguardar os encaminhamentos de Maranhão; mas há um desejo de união com João Azevêdo

Por incrível que pareça, o jovem senador Veneziano Vital não desgruda da história nem da contemporaneidade para fazer vingar seus projetos políticos, agora de volta ao MDB disposto a somar com a liderança do senador José Maranhão.

Nesta terça-feira, não por acaso, ele revelou seu desconforto com a realidade de saúde do senador pelo qual tratou de votos de recuperação mas, não obstante o drama do presidente do MDB, Veneziano se mostrou revigorado com o retorno à casa.

Numa breve conversa com o Blog, ele deixou claro que se somará ao projeto do senador Maranhão para fortalecer a legenda, ampliar seu leque e construir algo que vai precisar de muita conversa: ele defende abertamente o apoio à reeleição do governador João Azevêdo.

– Preciso deixar muito claro que o comando do senador Maranhão será determinante para o futuro do MDB, ao vamos propor a ele no seu retorno entendimentos com o governador Azevêdo – declarou ele deixando claro que não é candidato ao Governo em 2022.

Veneziano ainda acha oportuno dialogar com o ex-candidato Nikvan Ferreira para alinhar projetos sabendo até das resistências como novo contratado do Sistema Correio.

Seja como for, Veneziano amplia seu projeto no MDB, mesmo aguardando as ordens do presidente José Targino Maranhão.

FATO INÉDITO

Na história política da Paraiba, nunca uma mãe e dois filhos comemoram a ascensão no Senado Federal. Nilda, Vital e Veneziano provam o acaso. Com moral e respeito às circunstâncias.



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.