Política

Ney Suassuna diz que denúncia é baseada em ilações e se coloca à disposição da Operação Lava Jato

06/08/2019


Imagem: Reprodução

 O ex-senador Ney Suassuna se manifestou nesta terça-feira (6) após denúncia no âmbito da Operação Lava Jato sobre suposto esquema de corrupção nos contratos de afretamento de navios da Petrobras com armadores gregos. Ney negou que tenha recebido qualquer quantia no caso e questionou o Ministério Público Federal (MPF) por nunca ter sido chamado para prestar esclarecimentos.

 “Esse processo se arrasta há mais de quatro anos e eu nunca fui convidado a me pronunciar, nunca fui citado e não tive nenhuma notícia, e quando tomei conhecimento foi já sendo denunciado”, disse o político.

 Ele apontou que a denúncia do MPF foi baseada em ilações, após a a Polícia Federal encontrar um pendrive em que o seu nome estaria apontado em uma suposta lista.

 “Nunca recebi nenhuma quantia a respeito desse assunto. Nunca autorizei ninguém a receber e nem autorizei o uso do meu nome par qualquer fim O Ministério Público Federal fez ilações colocando como se eu fosse o cabeça político desse grupo”, continuou.

 Por fim, Ney elogiou a Operação Lava Jato, se colocou à disposição para prestar esclarecimentos e disse confiar na justiça e no MPF.

 “Minha vida politica é limpa, correta. Fui acusado algumas vezes, sempre inocentado. Confio na justiça e no Ministério Público. E tenho certeza que a Lava Jato precisa ser levada adiante porque ela mudou esse país. Quanto mais força ela tenha, melhor será o nosso paós”, pontuou.

Confira o vídeo na íntegra:

Por Redação / Portal WSCOM


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.