menu

Futebol

17/01/2013


Neto Maradona não resiste e cai

Nacional

A diretoria do Nacional de Patos não esperou o jogo do sábado (19) contra o Paraíba, em Cajazeiras, para demitir o técnico Neto Maradona. A informação foi confirmada pelo presidente do Conselho Deliberativo do Canário do Sertão, João Grilo, ao jornalista Genival Júnior. Ele afirmou que na manhã desta quinta-feira (17), a diretoria convocou uma reunião e decidiram pela queda do técnico.

Grilo relembrou que no início da semana quatro jogadores foram dispensados e afirmou que outros atletas que estão no elenco também serão dispensados.

– Nós além de diretores também somos torcedores e se não tomássemos esta atitude, o clube ganharia um rumo que ninguém quer. Agora vamos continuar com a cabeça erguida, trabalhando para deixar o Nacional entre os primeiros colocados da competição – afirmou.

Após a derrota, o elenco se reapresenta na tarde desta quinta-feira (17), onde fará atividades comandadas pelo preparador físico, Ramon Medeiros. O zagueiro Lúcio e o volante Garrinchinha já estão integrados ao time e realizarão as suas primeiras atividades.

O Nacional terá mais uma chance de reabilitação fora de casa, desta vez contra o Paraíba, no sábado (19), no estádio Perpétuo Corrêa Lima, em Cajazeiras. A partida ocorrerá pela quinta rodada do Campeonato Paraibano e o início da partida está previsto para às 16h.