Paraíba

MPPB propõe o fechamento de agências bancárias que não dispõem de segurança

Bancos

30/05/2013


O procurador-geral de Justiça do Estado, Oswaldo Trigueiro, se mostrou preocupado com a extrema violência que assolou a Paraíba, sobretudo as agências bancárias nos últimos dias. Em entrevista nesta quarta-feira (29), Trigueiro afirmou que o Ministério Público da Paraíba (MPPB) vai entrar com uma ação civil pública propondo o fechamento imediato das instituições que não oferecerem o mínimo de segurança para os usuários.

“Precisamos avançar, o Ministério Público quer contribuir com a segurança bancária. Vamos propor através de uma ação civil pública, o fechamento das agências em cidades, como Princesa Isabel, que não ofereçam um mínimo de segurança aos funcionários e usuários”, disse o procurador.

Ainda segundo o procurador Oswaldo Trigueiro, a falta de estrutura de algumas agências bancárias tem estimulado essa onda de assaltos. “Não podemos aceitar que agências se instalem com apenas uma porta de vidro e um gesso. Isto é um atrativo e estimulante à bandidagem. Não vamos deixar que esses estabelecimentos coloquem em risco a população”, comentou.

 


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.