Política

Mirando em 2022, Bolsonaro pretende destinar maior parte do Renda Brasil para o NE

Presidente tentaria utilizar benefício como forma de reverter rejeição que tem do eleitorado da região


24/10/2021

Brasil 247

Focado em tentar aumentar seus índices de popularidade na região Nordeste para as eleições de 2022, o presidente Jair Bolsonaro deverá destinar metade do Auxílio Renda Brasil (R$ 36,6 bilhões) para a região. O Nordeste é a parte do Brasil em que Bolsonaro possui menor aceitação e portanto é onde ele concentra suas estratégias para mudar o cenário antes do próximo pleito.

O plano é replicar o pico de popularidade do chefe de governo, provocado pelo auxílio emergencial.

Se a fila nacional de pessoas elegíveis para o Bolsa Família que não recebem hoje por falta de orçamento for zerada, como promete o governo, o total de benefícios pagos na região subirá de 7,12 milhões para ao menos 7,62 milhões, informa o jornal O Globo.

O Nordeste é a região brasileira em que Lula tem mais apoio, com 69% afirmando que votariam no petista, segundo pesquisa PoderData.



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.