Brasil & Mundo

Ministros do STF votam pela derrubada da intervenção de Bolsonaro nos IFs


27/03/2021



Correio Braziliense

Ação foi sido movido no Supremo pelo PSol; maioria dos ministros seguiu voto da relatora, Cármen Lúcia

Por Ronayre Nunes

Até a noite desta sexta-feira (26/3), a maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu pela derrubada (em caráter inconstitucional) do decreto presidencial que determinava a escolha, pelo ministro da Educação, da indicação de diretores de institutos federais no país (podendo ir contra os resultados das eleições nesses centros de ensino).

Sete ministros seguiram a relatora do caso, a ministra Cármen Lúcia. Apenas o ministro Kassio Nunes Marques votou a favor do decreto presidencial até o momento.

Segundo informações da midia nacional, a ação de Ação Direta de Inconstitucionalidade foi movida pelo PSol após demanda de profissionais do Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca (Cefet) do Rio, uma das primeiras instituições do país a sofrer a intervenção ainda em 2019.

Maurilio de Almeida

Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você